Skip to content

Saúde na nova administração

setembro 19, 2018
médicos

Saúde

 

Novos médicos, saúde e moradia são as prioridades nesse novo governo. O que demonstra aos cidadãos de Foz do Iguaçu, que o governo está em busca de uma melhora na qualidade de vida. Com foco em pacientes que fazem uso do sistema público de saúde, que aguardam em filas enormes e demoradas para serem atendidos, ou aguardam vários meses e até anos por uma cirurgia que não são de urgência verão a fila andar. A Secretaria da Saúde em conjunto com o Hospital Cataratas, firmaram em contrato, a realização de dezenas de cirurgias nas áreas de: ortopedia, cirurgia geral, ginecologia, urologia, cirurgia vascular, e otorrinolaringologia.

As expectativas giram em torno de fechar esse primeiro semestre com cerca de 500 pacientes atendidos. Pessoas que há anos aguardam por um procedimento cirúrgico. O Ministério da Saúde efetuou a liberação do recurso no valor de R$ 1.154 milhão ao qual a secretaria municipal está aplicando o investimento para melhorar a qualidade de vida desses pacientes. Alguns desses pacientes passam por situação de afastamento do trabalho, pois só conseguirão voltar as suas atividades após a cirurgia e sua recuperação.

A lista com o nome dos pacientes estão em posse do Hospital Cataratas, que está entrando em contato com cada paciente para efetuar o agendamento com o médico que fará o procedimento. O especialista tem como objetivo inicial avaliar a saúde do paciente por meio de exames, para então solicitar a cirurgia que possa melhorar as condições de vida do individuo. Os procedimentos de avaliação eletivos dura em média 2 dias de internação.

médicos
médicos – Hospital Cataratas

 

Por Reni Pereira

A nova administração de Reni Pereira, conquistou a contratação de novos dez médicos para o município, ocupando vagas remanescentes do Programa Saúde da Família (PSF).
O objetivo visa a contratação de novos profissionais de saúde para atender o deficit na área de saúde no município.

Os planos de melhorias irão ocorrer de forma natural principalmente porque o Prefeito Reni Pereira, pretende construir um centro de pronto atendimento infantil 24 horas ao qual o município carece de profissionais e de maior rapidez e qualidade no serviço. O projeto tende a entrar em vigência a partir do momento em que o Prefeito Reni Pereira resolver questões administrativas do Hospital Cataratas.O que é de responsabilidade do ministério público. Por conta de estar próximo do fim do contrato com a associação pro-saúde, as soluções para a resolução desse problema são o foco principal para por em prática o quanto antes esse projeto que visa uma grande melhoria para a população de Foz do Iguaçu.

 

Médicos pelo PROVAB

Enquanto os processos burocráticos tem o devido andamento, a população pode se sentir um pouco mais aliviada pela chegada de novos médicos que atenderam a diversos bairros da cidade. A vinda desses profissionais ocorreu por chamada pública e também por meio do Programa de Valorização do Profissional de Atenção Básica (PROVAB), que é proveniente do Ministério da Saúde.
Três desses médicos hoje integram as equipes que atendem pelo Programa Saúde da Família nos bairros: Morumbi III, Sol de Maio e Vila C Nova.

A chegada dos profissionais no barro Sol de Maio, garantiu ao município a criação de uma segunda equipe da Saúde da Família, no caso do Morumbi III foi possível criar uma quarta equipe, enquanto na Vila C Nova, foi completada uma segunda equipe de atendimento. A unidade de saúde de Porto Belo, onde o atendimento é realizado por três equipes do Programa Saúde da Família, teve sua questão resolvida no mês de março com a contratação de uma médica atendendo em plantões de 4 horas.

O município também fez contratou outros quatro novos profissionais por meio de chamada pública. Esses profissionais são clínicos gerias que atenderam nas seguintes unidades básicas de saúde: Profilurb I, Três Lagoas, São João e Jardim São Paulo I. Outros 2 médicos já estão a serviço nas unidades de pronto atendimento, um ortopedista que veio de Santa Catarina para Foz do Iguaçu, presta seus serviços na UPA do bairro Jardim das Palmeiras, e um clínico geral, vindo de Belém do Pará, está alocado para o pronto atendimento do Morumbi. A cidade também contará com serviços psiquiátricos por uma profissional vinda de Cascavel que trabalhará na rede de saúde mental de Foz do Iguaçu.