Skip to content

Empresas estrangeiras, são atraídas por pólo tecnológico em Foz

julho 25, 2018
deputado estadual reni pereira-itaipu

Pólo Tecnológico de Foz do Iguaçu

 

O Polo tecnológico de Foz do Iguaçu está atraindo a atenção de empresas estrangeiras e nacionais que poderão se instalar na cidade. O Deputado Estadual Reni Pereira, estará em Brasília para fazer a apresentação de detalhes do pólo tecnológico à diretoria de uma empresa de telefonia celular estrangeira que pretende lançar em todo país um novo sistema de operação.

“Disputamos a escolha dos clientes com a zona Franca de Manaus, o estado de Minas Gerais e a cidade de Ilhéus (BA). Mas acredito que após apresentar a proposta do estado do paraná, a localização estratégica que é Foz do Iguaçu, essa empresa se instalará em nosso estado”, afirmou o Deputado Estadual Reni Pereira, que fará o acompanhamento da assinatura do protocolo de intenções para a instalação da empresa em território nacional.

O Deputado Estadual Reni Pereira, informou de ante-mão que mais duas empresas já confirmaram a instalação de suas filiais em Foz do Iguaçu, uma das empresas no ramo da informática e outra no ramo de instrumentos musicais. As empresas nacionais possuem filiais em ciudad del este (cidade do situada no Paraguai que faz fronteira com Foz do Iguaçu), ao qual se instalaram em Foz para montar seus equipamentos e oferecer outros tipos de serviços. Reni Pereira e o Dobradino da Silva (deputado estadual), líder do governo na assembléia legislativa, fizeram parte de uma reunião nessa última semana com a direção da Associação Comercial e Industrial de Foz do Iguaçu a ACIFI, representantes do governo estadual, do PTI (Parque Tecnológico de Itaipu) e da prefeitura de Foz do Iguaçu.

Uma cartilha será elaboarada com fim de explicar sobre os benefícios constante na lei e outros incentivos que tanto o Governo do Estado quanto o município podem conceder às empresas. Também será formado um comitê para gerir o pólo, formado por representantes do PTI, da prefeitura de Foz do Iguaçu, da ACIFI, da indústria e comércio e representantes das secretarias do trabalho.

Softwares Livres

A lei estadual concede um diferenciado tratamento tributário às empresas que industrializarem eletroeletronicos, além de produtos de informática e telecomunicação. Paulo Mac Donald (prefeito de Foz do Iguaçu), afirmou que as empresas poderão receber crédito fiscal correspondente a 80% do valor destacado na venda do produto. Em contra partida as empresas terão de implantar softwares livres, tendo preferência por aqueles que sejam desenvolvidos em incubadoras, disse o prefeito sobre oque já é desenvolvido no PTI na usina de Itaipu.

A lei foi sancionada em tempo recorde pelo governador Roberto Requião. Reni Pereira e Dobradino da silva creditam no etendimento de todos os deputados à aprovação da lei que cria condições da implantação do PTI(Pólo Tecnológico de Informações). Foz do Iguaçu é a única cidade que atende ao perfil nescessário para abrigar o Pólo de Tecnologico de Informação. Não houve disputa com as demais regiões do paraná porque Foz do Iguaçu detém as condições nescessárias para o mesmo, Foz está frente à frente de um mercado crescente onde atualmente 65% das vendas são de um mercado informal, explanou Reni Pereira.

Segundo os deputados, o pólo tecnológico, vai promover uma cadeia de mão-de-obra qualificada. Atualmente, o município dispõe do Programa de Desenvolvimento de Foz do Iguaçu (PRODEFOZ) que atende empresas interessadas com incentivos tributários como IPTU, ISSQN, alvarás. A prefeitura tem a pretensão de melhorar e ampliar o PRODEFOZ trazendo as empresas interessadas a ingressar no Pólo Tecnológico, novos incentivos como a redução do preço dos terrenos à essas empresas. No que depender da prefeitura iniciaremos as parcerias o ais rápido possível, destacou o prefeito.

Veja Também: Legislativo está regularizando a documentação patrimonial

Coisas de Marisa